sábado, 3 de setembro de 2011

COMO NÃO FUI EU QUE FIZ?


Há um trecho de música " Certas Canções" de Milton Nascimento que diz:

"Certas canções que ouço
Cabem tão dentro de mim
Que perguntar carece
Como não fui eu que fiz?"


E hoje inauguro uma série de post com letras de músicas que cabem tão dentro de mim que humildemente me pergunto :

Como não fui eu que fiz??




8 comentários:

Um Toke A + disse...

gostei do post.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Luz, adorei a sua idéia. Interessante que as vezes penso da mesma forma, contudo não tinha me apercebido disso. Tanta coisa eu gostaria de ter inventado... mas ainda é tempo, não é?
Beijocão carinhoso no seu lindo coração.
Manoel.

Luz disse...

Um toque a +
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Isso só nos incentiva.
Um abraço

Luz disse...

Manoel amigo querido,
Fico feliz que tenha gostado.
Claaaaro que ainda é tempo, aliás sempre é tempo.
Um ótimo domingo e retribuo o beijo

Dulce Braga disse...

E há as que cabem sempre,
também as há que hoje sim
e amanhã não são mais da gente!
...
escrevi isto, nem me lembro mais quando, mas foi depois de escutar essa musica do Milton, logo depois de saborear uma do Ivan Lins, que cabia perfeitamente em mim no passado e não mais naquele momento.
bjs

Luz disse...

Dulce, amiga querida

Concordo com você. Mas falo aqui daquelas que abem sempre.
Que escreveria para alguém ou num estado de espírito, enfim aquelas que cabem tão dentro de mim.
Beijinhos e otima semana

Pitanga Doce disse...

Quantas vezes já me disse: isto deveria ter sido eu a escrever! Isto sou eu!

Avante Luz! Dou a maior força!

Luz disse...

Pitanguinha minha linda

Obrigada de coração!
Beijos