sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Solidão ou Solitude?



Solidão ou Solitude

Algumas pessoas que conheço tem horror de ficar sozinha.
Tem medo e não gostam de sentir solidão.
Não sou assim. Gosto, amo gente.
Gosto também de ficar só. De estar só comigo.
Gosto da minha companhia e preciso ficar só algumas vezes.
Entro em comunhão comigo mesma. E não sinto o vazio da solidão.
Sinto a plenitude e a harmonia do meu corpo, minha mente com o ambiente.
Sinto a sinfonia de meu silêncio.
Me sinto forte e me revigoro.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Nossos Pais Idosos



Cuido de minha mãe de 84 anos e posso afirmar que crianças e velhos dão trabalho.
Um trabalho que vale a pena! Pode existir melhor forma de gratidão a quem me deu a vida?
Engraçado é que atualmente passei a perceber claramente a “troca” emocional inconsciente que há entre nós duas.
Minha mãe é o espelho de minha mortalidade. É a sabedoria. É a história da minha vida no olhar de outra geração. Minha conexão com o passado e com o futuro.
É para onde estou caminhando.
Eu sou o eco de juventude dela. A fonte de alegria e de energia. Sou sua conexão com o futuro.
Com isso nós duas ganhamos.
Conhecemos melhor o passado e ganhamos sabedoria para lidar com nosso futuro.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Ócio Sustentável


Ondas, sol, mar, vento.
Ingredientes perfeitos para o ócio sustentável.

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Invista num barrigudo



Recebi essa mensagem por email. Como tenho um carinho especial pelos barrigudinhos.Compartilho aqui.

Tenho um conselho valioso para dar aqui: se você acabou de conhecer um rapaz, ficou com ele algumas vezes e já está começando a imaginar o dia do seu casamento e o nome dos seus filhos, pare agora e me escute! Na próxima vez que encontrá-lo, tente disfarçadamente descobrir como é sua barriga.




Se for musculosa, torneada, estilo `tanquinho´, fuja! Comece a correr agora e só pare quando estiver a uma distância segura. É fria, vai por mim.



Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, ostentar uma barriguinha de chopp. Se não, não presta. Estou me referindo àqueles que, por não colocarem a beleza física acima de tudo (como fazem os malditos metrossexuais), acabaram cultivando uma pancinha adorável. Esses, sim, são pra manter por perto. E eu digo por quê.



Você nunca verá um homem barrigudinho tirando a camisa dentro de uma boate e dançando como um idiota, em cima do balcão. Se fizer isso, é pra fazer graça pra turma e provavelmente será engraçado, mesmo. Já os `tanquinhos´ farão isso esperando que todas as mulheres do recinto caiam de amores - e eu tenho dó das que caem.

Quando sentam em um boteco, numa tarde de calor, adivinha o que os pançudos pedem pra beber? Cerveja! Ou coca-cola, tudo bem também. Mas você nunca os verá pedindo suco. Ou, pior ainda, um copo com gelo, pra beber a mistura patética de vodka com `clight´ que trouxe de casa.



E você não será informada sobre quantas calorias tem no seu copo de cerveja, porque eles não sabem e nem se importam com essa informação. E no quesito comida, os homens com barriguinha também não deixam a desejar.



Você nunca irá ouvir um ah, amor, `Quarteirão´ é gostoso, mas você podia provar uma `McSalad´ com água de coco.

Nunca! Esses homens entendem que, se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, você também não precisa estar. Mais uma vez, repito: não é pra chegar ao exagero total e mamar leite condensado na lata todo dia! Mas uma gordurinha aqui e ali não matará um relacionamento. Se ele souber cozinhar, então, bingo!

Encontrou a sorte grande, amiga. Ele vai fazer pra você todas as delícias que sabe, e nunca torcerá o nariz quando você repetir o prato. Pelo contrário, ficará feliz.



Outra coisa fundamental:

Homens barrigudinhos são confortáveis!

Experimente pegar a tábua de passar roupas e deitar em cima dela. Pois essa é a sensação de se deitar no peito de um musculoso besta. Terrível!

Gostoso mesmo é se encaixar no ombro de um fofinho, isso que é conforto. E na hora de dormir de conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.

Homens com barriga não são metidos, nem prepotentes, nem donos do mundo.

Eles sabem conquistar as mulheres por maneiras que excedem a barreira do físico. E eles aprenderam a conversar, a ser bem humorados, a usar o olhar e o sorriso pra conquistar. É por isso que eu digo que homens com barriguinha sabem fazer uma mulher feliz.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Chuva


Chove muito, muito mesmo em Vitória há mais de uma semana.
Estamos com cerca de dez mil desabrigados.
Pessoas que perderam tudo que tinham.
Meus sentimentos nesse momento, confesso são antagônicos.
Explico melhor.
De um lado a tristeza, a compaixão, a solidariedade com essas pessoas que estão sofrendo tanto.
De outro lado  a alegria, a gratidão à Deus por estar numa situação privilegiada. Tenho casa quentinha e segura para mim e minha família.
E é exatamente por saber que muito tenho que já estou juntando doações aos desabrigados.
Preciso compartilhar, mais do que nunca.
É minha forma de agradecer a Deus.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Coisas do Coração


Os assuntos do coração precisam ser tratados com delicadeza e gentileza.
Confesso que algumas vezes fui pouco gentil comigo quando o assunto eram as coisas do coração.
A chama do amor é um mistério. Saber exatamente como, quando ela se ascende ou se apaga é difícil. E difícil também são os porques.
Muitas vezes de maneira egoísta quis prolongar uma chama que só ardia em mim.
Queria prolongar aquele amor a todo custo.
É difícil aceitar o "desamor".
E exatamente nesse momento é que achava ter algo de errado comigo.
E acabava me culpando pela chama apagada do outro.
Me culpando, era pouco gentil, generosa, delicada comigo. Com o meu amor.Com a minha capacidade de amar e ser amada.
Nada havia de errado comigo.
Apenas não era pra ser.
E só o tempo tem escolhido o momento certo para me revelar os porques.

domingo, 1 de novembro de 2009

Simples Assim



A simplicidade sempre me encantou.
Nela consigo enxergar as coisas e as pessoas preciosas e verdadeiras.
Há muito vazio e holofotes longe do que é simples.
A simplicidade é verdadeira.
Só no simples e na simplicidade encontro a sabedoria e sou feliz.
Simples assim!

sábado, 31 de outubro de 2009

Apenas uma vírgula...



Primeiro preciso me desculpar pelos momentos de ausência.
Vários motivos me deixaram algum tempo sem postar.E outros tantos a deixar apenas na caixa de respostas notícias minhas.
Nenhum deles porém me deixou longe das pessoas queridas que aqui conheci e que passaram a fazer parte da minha vida.
Vocês são especiais.E me permitam dizer: amo vocês!!!
Obrigada por todo carinho, sempre.
As saudades são muitas.
Vou voltando aos poucos....
Cheia de LUZ.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

CONTADOR DE HISTÓRIAS E SUAS 15 LIÇÕES DA PEDAGOGIA DO AMOR

 
Está em cartaz nos cinemas de todo país o filme " O Contador de Histórias" que conta a história real de Roberto Carlos Ramos, menino de rua,negro, ex interno da extinta FEBEM,ex usuário de drogas, e que tinha a fórmula certa para dar errado na vida. 
Roberto agora é pedagogo formado pela UFMG, pós graduado em literatura infantil pela PUC/MG e mestre em educação pela UNICAMP.
Roberto é ainda pai adotivo de vários meninos de rua,contador de histórias e fundador e diretor geral de  projetos sociais da Fundação Margherit Duvas, nome da pedagoga francesa que nele acreditou, mudando sua vida e o salvando.
Conheci o Roberto em 2005  lendo o seu livro " A Arte de Construir Cidadãos - As 15 lições da Pedagogia do Amor"  e me encantei. O relato autobiográfico é forte. Muitas vezes fui ás lágrimas. Noutras ri. Mas após ler o livro minha mente se abriu.
Deixo aqui a dica do filme e as 15 lições da Pedagogia do Amor por Roberto Carlos Ramos.

1. Noção de tempo e espaço
A grande arte é fazer do toque um ato emocional.

2. Noção de auto-estima
O mundo é feito de dois tipos de pessoas: aqueles que choram e aqueles que vendem lenços.

3. Noção de Relacionamento
A palavra fere mais que a faca afiada.

4.Noção de Reciprocidade
A toda ação corresponde uma reação igual e contrária

5.Noção de Espiritualidade
Deus, Alá, Jeová, Buda, Maomé, Oxalá...a palavra que todos falam é SIM.

6. Noção de Solidariedade
O momento certo para pescar e a isca adequada para usar.

7.Noção de humildade
Força + Fôlego + Flexibilidade = Pessoas Fantásticas
Fraqueza + Fadiga + Ferrugem = Pessoas Falidas

8.Noção de felicidade
Não queira ensinar se não estiver disposto a aprender.

9.Noção de convivência
Quem oferece flores fica com as mãos perfumadas

10.Noção de tolerância
Quando a gente chuta uma pedra, a gente xinga ou sorri - As duas reações fazem a grande diferença entre seres humanos.

11. Noção de sensibilidade
As uvas são sempre iguais, mas as mãos que as colhem e as pessoas que as chupam fazem o sabor diferente.

12.Noção de família
Ninguém nasce do ovo ou do repolho, nem da cegonha.
Sempre existiu uma história.

13. Noção de continuidade
Sozinhos não existimos.

14. Noção de " extraordinariedade"
A diferença do comum ou ordinário para o extraordinário está no algo mais denominado " extra".

15. Noção de magnanimidade
Cada um dá o que tem de melhor.



HINO NACIONAL

Semana passada aconteceu na Assembléia Legislativa de São Paulo um evento de Agentes Públicos.
Convidaram a cantora Vanusa para cantar o hino nacional na abertura da solenidade.
O plenário estava cheio.
Cabe aqui lembrar que, não há dúvidas que  o nosso hino é difícil.
Que muitas vezes erramos a letra é outra realidade.
Vanusa estava de óculos e tinha em suas mãos a letra da música.
Quando começou a cantar começou a estranheza da platéia. Aos poucos a platéia foi ficando perplexa e paralisada com o que ouvia.
O ritmo era outro, a letra era outra e ela desafinava.
Na primeira pausa o público aplaudiu. Era a "dica" para encerrar.
Mas a cantora continuou.
O vídeo caiu na net. Vários cronistas escreveram sobre o assunto.
Falaram que ela não está bem de saúde e fazia uso de remédios. Outros mais maldosos diziam  que ela estava bêbada. (eu não concordo).
Me chamou atenção o quanto temos dificuldade em dizer não.
E como muitas vezes negligenciamos o ser profissional.
Não nos  preparando para o que nos propomos a fazer.
Era melhor ela recusar o convite por problemas de saúde, ou seja lá o que for.
Por mais que precisasse do cachê , a recusa era melhor. Dinheiro não é tudo.
Seria poupada e não estaria sendo crucificada, exposta na mídia e na net.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

MEDO DE AVIÃO

Vivi uma situação bastante inusitada no último vôo.
Sentei no corredor. Ao meu lado estava uma mulher jovem, bem vestida, bonita, comunicativa e que me contou que era advogada. Ao seu lado, na janela estava um rapaz jovem, bonito também advogado.
Eles eram conhecidos e haviam estudado direito juntos. Muito simpáticos e comunicativos conversamos animadamente com o avião ainda no solo. Me contaram que  estavam em Belo Horizonte para fazer uma prova para magistratura.
Quando o avião iniciou os procedimentos para decolar me perguntaram se eu tinha medo de voar.
Respondi que não.
Os dois começaram a falar que tinham muito medo. 
Percebi o quanto mudaram. Ficaram calados, corpos rígidos, face tensa.
Ofereci a minha mão a moça e ela não pensou duas vezes e segurou na minha mão.
As mãos dela estavam geladas!
Um pouco depois da decolagem ela soltou a minha mão, me agradeceu e voltou a conversar animadamente.
O rapaz, porém ainda se mostrava tenso. Conversa mas não estava natural como antes.
Quando o piloto então anunciou que estávamos iniciando os procedimentos de descida para o pouso em Vitória, ambos mudaram a expressão e o rapaz disse não estar se sentindo bem.
Ofereci novamente a minha mão a ela e a ele. Ela segurou a minha mão na hora.
Ele em seguida fez o mesmo. Mas passados alguns minutos soltou. Creio que por vergonha.
Percebendo isso eu brinquei: pode me deixar segurar na mão de um cara bonitão que não acho ruim não! Rimos e ele me deu a mão.Segurou forte.
O avião fez o pouso e eu segurando a mão dos dois.
Quando o avião parou ganhei beijo dos dois.E ambos me agradeceram pelo gesto.
Achei interessante pois as mulheres falam de seus medos com mais facilidade que os homens.
E além disso, os homens tem muito mais dificuldade para pedir ajuda.Achei bacana a coragem dele.


sábado, 5 de setembro de 2009

LIXO NA PRAIA

Hoje fui com o meu filho , nessa praia da foto. 
Uma praia praticamente deserta com alguns km de extensão.
Apenas alguns surfistas são vistos logo no seu início.
Enquanto meu filho surfava, resolvi fazer uma caminhada curtindo aquele cenário maravilhoso. De um lado, o mar, do outro a mata atlântica.
Com apenas cinco minutos de caminhada percebi alguns lixos trazidos pelo mar e resolvi começar a catá-los.
Em 15 minutos ,eu tinha cerca de 3 kg de lixo!!
Eram sacos plásticos, copos descartáveis, tampas plásticas, pedaços de isopor, cordas, embalagens de biscoitos... A maioria dos sacos plásticos estava carcomida. Muitos animais marinhos devem tê-los comido.
Aonde vamos parar?
Se cada um fizesse a sua parte, nossos netos terão um planeta mais limpo, verde e natural.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

INTIMIDADE

O Manoel do Blog do Óbvio perguntou o que é intimidade.

Intimidade é um lugarzinho gostoso e  livre, muito meu,  que compartilho apenas com pessoas especiais .

E para você o que é?

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

COISAS SIMPLES, BELAS E ALEGRES PARA SE FAZER EM SETEMBRO

1. Coma  sem pressa ,com calma.
2. Cultive bonsai
3. Passe creme e cuide de sua pele.
4. Cante com amigos.
5. Vá a um museu e viaje em cada obra.
6. Deite em uma rede e leia um livro.
7. Arrume flores na sua sala. Aprecie depois sua beleza, as cores das flores, seu perfume.
8. Busque a serenidade financeira.
9. Seja generoso com você.
10. Reze de olhos fechados.
11. Chame uma amiga para almoçar.
12. Sorria para todas as pessoas que encontrar.
13.Jogue fora ou doe o que não usa mais.

domingo, 30 de agosto de 2009

E VAI ROLAR A FESTA!!!



Hoje faz um ano que criei esse cantinho e comecei a blogar.
Foi um ano mágico.
Só ganhei com o blog. Ganhei experiência, alegrias e o mais importante: amigos como você.
Hoje partilho com as pessoas que aqui vem, esse momento de alegria.
E só tenho que dizer:
OBRIGADA A TODOS VOCÊS!!!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

TESOUROS


No Rochedo do querido Carlos, um dia desses num post "Melodies" havia uma música cuja letra era em alemão. Me lembrei na hora desse " causo".
Sempre fui apaixonada por idiomas e desde pequena comecei a aprendê-los.
Acho que herdei isso do meu pai que falava inglês, francês, espanhol, alemão, italiano e russo fluentemente.
Na adolescência quis aprender alemão e pedi ao papai para me matricular no Goethe- Institut.
Começaram as aulas e a professora depois de algum tempo chamou minha mãe e disse que achava melhor eu desistir do alemão.
Ela disse a mamãe que eu tinha facilidade de aprender a língua mas só queria aprender as palavras e frases do meu interesse.
Resumindo , sai das aulas de alemão mas sei falar bem as seguintes frases:
- Ola!
- Você quer passear comigo?
- Gostei de você.
- Te amo!
Pergunto a vocês: precisa mais?

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

PANELEIRAS



Minha irmã queria comprar duas panelas de barro novas menores do que as que ela já tem e me chamou para ir com ela.

Lá homens e mulheres moldavam o barro, curtiam as panelas, queimavam e etc.

Fiquei admirando, as ágeis mãos realizando a transformação do barro em belíssimas e perfeitas panelas, tampas, travessas e etc.

Muito bom ver a arte indígena ainda viva e sendo moldada nas mãos de seus descendentes.

Todos saem ganhando e ainda vamos nos deliciar uma moqueca feita nessas panelas e que dão o sabor todo especial a esse prato.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

SENSUALIDADE FEMININA


Quando me separei há muitos anos atrás, acabei assumindo as rédeas de tudo.

E sem me dar conta fui esquecendo de pequenos detalhes e acabei assumindo atitudes pouco sensuais.

Deixa eu explicar isso melhor.

Tive que fazer certas coisas que cabiam ao homem da casa. E com isso fui esquecendo de coisas simples como esperar que o cavalheiro abrisse para mim a porta do carro; saia do carro e nem esperava pelo acompanhante e já andava na frente, decidia tudo. Assumi o comando.

Não me dei conta disso até voltar a dançar.

Como vocês sabem quem conduz a dama na dança é o cavalheiro.

Quando voltei a dançar percebi que inconscientemente queria conduzir o meu parceiro.

Dançar foi um exercício maravilhoso para o corpo e para a mente.

Intensifiquei as aulas de dança e voltei a deixar a feminilidade e a sensualidade fluírem a cada movimento.

Consegui perceber que não precisava deixar a minha feminilidade de lado e poderia assumir as rédeas da minha vida com toda sensualidade.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

COMUNICAÇÃO


COMUNICAÇÃO

COMUM + AÇÃO

As vezes é difícil, não?


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

VAI SER ASSIM



Não tem jeito, vou envelhecer moleca e sapeca.

Essa é minha marca registrada.

Dançando, cantando, brincando e colorindo a vida de todos ao meu redor.

É assim que me vejo daqui há alguns anos.


domingo, 23 de agosto de 2009

TESOUROS MUSICAIS III


Há algum tempo que quero agradecer aqui no Cantinho ao Carlos por seu Memories.

Memories tem me ajudado a relembrar canções e momentos pra lá de especiais.

Sempre achei que vida deveria ter trilha sonora.

Ainda em tempo agradeço por Jalousie.

Jalousie é a canção de amor da minha família.

Essa era A canção dos meus pais.

Um homem equilibrado que sentia um ciúme saudável por sua linda mulher 13 anos mais nova. A canção escolhida pela mulher 13 anos mais jovem, ciumenta e apaixonada pelo marido.

Uma canção que os acompanhou durante os 64 anos de união.

Foram muitos momentos vividos ao som de Jalousie.

Muitas vezes, a canção os acompanhou, os embalou e os inspirou a caprichar ainda mais na tão maravilhosa dança à dois.

Thank you, Carlos, em todas as línguas de Babel, por me ajudar com tão especiais recordações.

SELO

No período que estive ausente ganhei esse maravilhoso selinho da Lisa do Inquietações.
Fiquei super feliz e acho mesmo que ela é dona de coração de ouro.
Tenho que compartilha-lo com 10 blogueiros então vamos lá:

1. Vai pro João, meu sobrinho querido, "blogueiro Junior" da família e com o coração de ouro do Time de Minas

2. Vai para o sobrinho querido Daniel, também dono de coração de ouro e blogueiro do NossoFutebol F.C.

3. Esse vai pro querido novo amigo, Evandro do Anexo sem Nexo.

4. Vai para a Pitanga Doce do meu pomar!

5. Vai para Lu do Minha Viagem Interior e de casa nova!!

6. Vai pro Ery do Infinito Positivo, parceiro de escritas de longas datas.

8. Vai para Cerejinha do Cerejas Maduras, a minha " madrinha".

9. Já sabendo da nova regra, esse vai pro amigo querido Carlos, do Crônicas de um Rochedo.

10. Esse vai pro querido Mike, pra desconversar.

sábado, 22 de agosto de 2009

VOLTEI!!!!

Como diz a letra da música: " Eu voltei agora para ficar...porque aqui, aqui é meu lugar"
Quanta saudade de todas as pessoas queridas que passam por aqui!!!
Como vocês sabem, iniciei uma nova etapa profissional.
Tenho trabalho cerca de 14 horas por dia!! Mas é temporário.
Estamos construindo uma história. Saindo do caos para qualidade, produtividade com excelência.
O caminho é longo. Mas o desafio é maravilhoso.
Com isso, as primeiras semanas foram enlouquecedoras.
Agora respiro mais aliviada e muito menos cansada.
E não vou deixar de vir aqui mais.
Me fez MUITA MUITA falta.
Tou morrendo de saudades de todos!!!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

TONTA

Tou tonta...tonta!
Nunca trabalhei tanto na minha vida!
E por isso ando um pouco ausente.
Prometo que volto a normalidade, em breve.
Estou com MUITAS saudades

domingo, 9 de agosto de 2009

BILLY - O GANSO GULOSO


Esses dias passei por uma situação hilariante.
Fui com a minha pequenina sobrinha Duda ao Horto. Um parque lindo aqui em Vitória.
E como lá tem patos, gansos, peixes antes passamos numa loja para comprar ração para ela dar a eles.
Nesse parque, existe um ganso que se chama Billy. Esse ganso é muito engraçado e especial. Quando o chamo pelo nome ele responde com um som no mesmo tom da minha voz e sempre caminha na minha direção.
Nesse dia coloquei um pouco de ração na palma de minha mão para que eles pudessem comer bem pertinho.
A Duda adora isso!
Depois fomos dar a ração aos peixes e patos. E foi uma festa.
Fomos então aos brinquedos do parquinho e ela brincou pra valer no balanço, no escorrega, na areia.
Antes de irmos embora resolvemos tirar uma foto eu e Duda deitadas na grama.
Deitamos na grama , fisemos a pose e quando olhamos lá estava o Billy com a cara na minha cara.
Duda levantou num susto só.
Eu não consegui. Lá estava o Billy em cima de mim bicando de levinho meu corpo.
E eu as gargalhadas.
Ele não satisfeito se sentou no meu colo confortavelmente
Rindo muito , aproveitei para acariciá-lo e curtir esse momento único.
Em seguida me sentei e busquei na bolsa mais ração para meu amigo guloso.

sábado, 8 de agosto de 2009

MATURIDADE


Quando somos crianças temos a necessidade de levar a sério o olhar do outro.
E se o outro diz que somos já grandinhos pra fazer isso ou aquilo, paramos e repensamos as atitudes.
Na maturidade, não preciso do olhar do outro. Sei quem sou.
Sei as minhas possibilidades, as minhas habilidades, o que preciso aprimorar.
E o fato de se conhecer mais e mais nos dá mais liberdade e felicidade.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

DIA DE MUDANÇA




Hoje foi dia de mudança.
Tirei as coisas pessoais do antigo trabalho e segunda - feira já começo para valer.
Final de semana de colocar as coisas em ordem pra começar a segunda com o pé direito.
Vida nova!!!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

TESOUROS MUSICAIS II


Não sei se já comentei que uma das minhas formações profissionais é na área da fonoudiologia.
Durante muitos anos de minha vida exerci apenas essa profissão.
A minha área de atuação, dentro da fonoaudiologia, era a área de VOZ. E eu cuidava das vozes de muita gente famosa aqui, além de dar aulas e muitas palestras.
Um dia me chamaram para proferir uma palestra sobre VOZ CANTADA para estudantes de fonoaudiologia e profissionais da área.
Depois de dar a parte teórica, entrei no aquecimento da voz e no final coloquei todos a cantar a música " Canções e Momentos" do Milton Nascimento.
Essa canção cuja letra posto aqui e que tem tudo haver com a minha profissão.
O auditório cheio e todos cantando junto, num coro uníssono.
Gente, foi de arrepiar!!

Canções e Momentos

Milton Nascimento


Há canções e há momentos
Eu não sei como explicar
Em que a voz é um instrumento
Que eu não posso controlar
Ela vai ao infinito
Ela amarra todos nós
E é um só sentimento
Na platéia e na voz
Há canções e há momentos
Em que a voz vem da raiz
Eu não sei se quando triste
Ou se quando sou feliz
Eu só sei que há momentos
Que se casa com canção
De fazer tal casamento
Vive a minha profissão

TOCANDO EM FRENTE


Quando não mudamos, a vida nos muda.
Há algum tempinho venho percebendo que o "prazo de validade" da minha relação com o órgão estadual que trabalho estava acabando.
E na semana passada pediram meu cargo. Mas me davam um prazo de um mês.
Como não posso me dar ao luxo de não trabahar, comecei a enviar currículos e fui entrevistada para trabalhar em outro órgão estadual.
E fiquei me sentindo como um pião, quando soltam a corda e ele sai rodando.
Sei da minha capacidade mas em tempos de crise a história é mais complicada.
Hoje cedo acordei e fui para o emprego antigo. Quando lá estava , o telefone toca e me avisam que eu poderia ir assumir no outro lugar.
Comecei o dia num trabalho e terminei em outro.
Confesso que me senti aliviada. E gostei do novo desafio.
Gostei mais ainda do ambiente de trabalho.
Agora é tocar em frente, como a música:

TOCANDO EM FRENTE

Almir Sather

Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia.
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
e no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
De ser feliz

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

terça-feira, 4 de agosto de 2009

TESOUROS MUSICAIS



Quando soube que ia acontecer o último Rock in Rio, cerca de 10 anos atrás meu filho, com apenas 10 anos enlouqueceu.Queria porque queria ir.
Morávamos a quase 500 km do Rio na época, ele era pequeno, não sabíamos se ele poderia entrar.
Combinamos que iríamos dois dias. Um escolhido por mim e o outro por ele.
Tudo certo, ingressos na mão lá fomos nós para o Rio.
Na fila de entrada, o coração dele batia tão forte que eu podia sentir. Era uma mistura de medo de não conseguir entrar( devido a idade) com a emoção de realizar um sonho.
A alegria e toda cumplicidade da mãe. Trocavamos olhares felizes na fila.
Enfim, entramos. Ele pulava, me abraçava , me beijava.
O momento mais marcante, para mim e que virou um de nossos tesouros musicais foi quando Gilberto Gil subiu ao palco e cantou: Esperando na Janela.
Para minha surpresa, meu filho me puxou para dançar aquele forró. Cantamos e dançamos juntinhos. Que alegria estar ali com ele, compartilhando a música, a noite mágica, estrelada e dançando com meu filho de apenas 10 anos.
Não houve quem estivesse por perto que não tenha vibrado e se emocionado!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

DECISÕES

Pensar e tomar uma decisão...
Tá tão dificíl.
Tou precisando de uma luz.
Jesus me dá uma luz!!
Pode ser também uma bela idéia luminosa.

UMA PRENDA: UM SELO


Recebi essa prenda da querida amiga gaúcha, Lisa do Inquietações esse selo pra começar a semana, o mês de niver do blog com o pé direito!!!
Lisa nem preciso dizer que amei né? Ganhar presente, prêmio, carinho é sempre muito muito bom.
Então as regras são:

1º Exibir a imagem do selo
2º Postar o nome do blog que te indicou
3º Indicar 10 blogs e avisá-los
4º Publicar as regras
5º Ver se os indicados estão seguindo tudo direitinho.

E vamos aos premiados:

A MONGA E A EXECUTIVA

A PUBLICITÁRIA

ALECRIM

ANEXO SEM NEXO

CEREJAS MADURAS

GRANDE JÓIA

MINHA VIAGEM INTERIOR

NOSSO FUTEBOL

PANO PRA NANDA

PITANGA DOCE


sábado, 1 de agosto de 2009

COISAS SIMPLES, BELAS E ALEGRES PARA SE FAZER EM AGOSTO


1. Explore uma trilha

2. Pratique a arte da sedução

3. Doe as roupas que não usa mais

4. Faça palavras cruzadas

5. Deixe mensagens surpreendentes na caixa de mensagens de alguém querido

6. Enfeite sua salada com estrelas de carambola

7. Saia com os amigos para um happy hour

8. Curta um por do sol e de preferência bem acompanhado

9. Visite uma exposição

10. Faça uma receita de família da qual sente saudades

11. Silencie

12. Tire um momento ou um dia para ouvir suas músicas favoritas.

13. Reorganize a sua coleção predileta de lembranças e fotografias pessoais e saboreie as doces lembranças

14. Vá a uma videolocadora e alugue filmes dos anos 30 e 40.


Foto: Google

quinta-feira, 30 de julho de 2009

MÁRIO QUINTANA - 103 ANOS DE POESIA PURA


MARIO QUINTANA POR MARIO QUINTANA
( texto escrito pelo poeta para a revista Isto É de 14/11/1984 )

Nasci em Alegrete, em 30 de julho de 1906. Creio que foi a principal coisa que me aconteceu. E agora pedem-me que fale sobre mim mesmo. Bem! eu sempre achei que toda confissão não transfigurada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Há ! mas o que querem são detalhes, cruezas, fofocas... Aí vai ! Estou com 78 anos, mas sem idade. Idades só há duas : ou se está vivo ou morto. Neste último caso é idade demais, pois foi-nos prometida a eternidade.

Nasci do rigor do inverno, temperatura : 1 grau; e ainda por cima prematuramente, o que me deixava meio complexado, pois achava que não estava pronto. Até que um dia descobri que alguém tão completo como Winston Churchill nascera prematuro – o mesmo tendo acontecido a Sir Isaac Newton ! Excusez du peu.

Prefiro citar a opinião dos outros sobre mim. Dizem que sou modesto. Pelo contrário, sou tão orgulhoso que nunca acho que escrevi algo à minha altura. Porque poesia é insatisfação, um anseio de auto-superação. Um poeta satisfeito não satisfaz. Dizem que sou tímido. Nada disso ! sou é caladão, instrospectivo. Não sei por que sujeitam os introvertidos a tratamentos. Só por não poderem ser chatos como os outros ?

Exatamente por execrar a chatice, a longuidão, é que eu adoro a síntese. Outro elemento da poesia é a busca da forma (não da fôrma), a dosagem das palavras. Talvez concorra para esse meu cuidado o fato de ter sido prático de fármacia durante 5 anos. Note-se que é o mesmo caso de Carlos Drummond de Andrade, de Alberto de Oliveira, de Erico Veríssimo – que bem sabem ( ou souberam) , o que é a luta amorosa com as palavras.

Mario Quintana ( texto escrito pelo poeta para a revista Isto É de 14/11/1984 )


"Convém que se repita...
Só em linguagem amorosa agrada
A mesma coisa cem mil vezes dita."

Mario Quintana


"O amor é quando a gente mora um no outro."

Mario Quintana

"Um bom poema é aquele que nos dá a impressão
de que está lendo a gente ... e não a gente a ele!"

Mario Quintana

A VERDADEIRA ARTE DE VIAJAR

A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali...
Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando!

Mario Quintana

...O luar é a luz do sol que está dormindo...

Mario Quintana



Parabéns meu querido Mário Quintana.

Eh Mário, sou apaixonada por ti.
E por isso vim hoje aqui,
Para lhe beijar como um bem ti vi!

Lucia Luz

EMILIO VICTTOR

terça-feira, 28 de julho de 2009

PASSANDO A BORRACHA



Certa vez li que "viver é desenhar sem borracha".
Concordo, e por isso mesmo, muitas vezes em nossa vida o melhor a fazer é passar a borracha.
Passar a borracha e dar espaço a reescrever. A redesenhar.
Afinal melhorar os textos que escrevemos dia a dia em nossas vidas, é necessário.
É preciso passar a borracha e apagar as " besteiras" que fazemos, muitas vezes sem perceber.
É preciso passar a borracha nas coisas que nunca deveriam ser ditas. Nos preconceitos e tabus.
Passar a borracha em lembranças, em traumas, nas mágoas, nas decepções...
Passar a borracha e limpar a nossa memória.
Nem todas as borrachas entretanto funcionam bem.
Há borrachas que teimam em não apagar.
Há aquelas que apagam , mas ainda assim, deixam marcas.
Aquelas que apagam, mas sujam todo o papel .
Muitas vezes de tanto passar a borracha acabamos rasgando o papel e impossibilitando a reescrita.
O que não dá é passar a borracha e fingir que nada aconteceu. Não se pode passar a borracha nos aprendizados. Isso não se pode mesmo!

segunda-feira, 27 de julho de 2009

FAZENDO A DIFERENÇA


Sigo a minha vida procurando fazer a diferença.
E para se fazer a diferença não é necessária muita coisa não.
Pequeninos detalhes, cuidados, caprichos, gentilezas , além de fazer a diferença, dão as nossas vidas um toque de beleza simples.
Uma simples janela gradeada para conter a violência pode virar um belo jardim.
Uma palavra, um gesto,um olhar, um paladar, um cheirinho.São pequenos detalhes que podem fazer a nossa vida muito melhor.
Uns podem chamar de frescurinhas, outros de bobagens.
Pra mim são atitudes mágicas de pessoas que caminham fazendo toda a diferença.

VENCEDORES ROCHEDO



O Carlos ( Crônicas do Rochedo) propôs um passatempo onde deveríamos contar uma história das nossas férias ligada a uma canção que, por qualquer razão, tenha sido importante em nossas vidas. Um júri composto pela Martinha, pela Baixinha e pelo Carlos escolheu as melhores histórias e elas ainda serão publicadas no Rochedo.
Ontem a noitinha saiu a primeira lista com os primeiros três vencedores.
E uma das minhas histórias foi escolhida!!
Quanta honra!!!
Parabéns ao Carlos pela delíciosa iniciativa. Parabéns aos meus colegas vencedores.
ADOREI!!!!

domingo, 26 de julho de 2009

SURFANDO


É engraçado como todos que aqui passam já fazem parte da minha vida.
E sempre no dia a dia acabo por me lembrar de um de vocês com amor e carinho.
Nesse final de semana me lembrei muito do Mike.
Sabe Mike, eu já namorei surfistas na adolescência, mas nunca me imaginei mãe de surfista.
Desde que mudamos para Vitória meu filho se encantou pela prancha "sereia".
E aos finais de semana lá vai ele se deitar no corpo dela e ouvir os seus encantos e cantos.
Nesse final de semana ele me chamou para acompanhá-lo. E lá fui eu.
Fiquei da areia curtindo esse momento especial.
Surfei sim, mas nas ondas dele.
Curti a necessidade de saber esperar o melhor momento para conquistar a onda .
Percebi a conquista da menina, cheia de onda.
Admirei a beleza da dança dos dois e como eles deslizavam juntos.
Vibrei a cada movimento.
E amei com intensidade e cumplicidade essa liberdade a dois.
Que coisa gostosa. Que momentos intensos vivi com meu filho.
Pensei em você Mike e nos seus filhos. Você deve saber bem a emoção e cumplicidade que vivi.
Ganhei o melhor final e início de semana!!

FELIPE MASSA

Hoje ao saber do acidente fiquei muito triste.
E claro, como todo brasileiro me lembrei do Ayrton.
Chorei. Me comovi.
Tenho fé e estou rezando por você e por sua família, Felipe.
Força, garra, fé, coragem não lhe faltam!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

AMOR É...


Desculpa é uma frase que pretende ser um beijo.
Excitação é quando os beijos estão desatinados pra sair de sua boca depressa.
Desatino é um desataque de prudência.
Prudência é um buraco de fechadura na porta do tempo.
Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.
Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.
Emoção é um tango que ainda não foi feito.
Ainda é quando a vontade está no meio do caminho.
Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.
Desejo é uma boca com sede.
Paixão é quando apesar da placa ::perigo:: o desejo vai e entra.
Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Não. Amor é um exagero...Também não. É um desaforo... Uma batelada? Um enxame, um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?

Talvez porque não tivesse sentido, talvez porque não houvesse explicação, esse negócio de amor ela não sabia explicar, a menina....

Adriana Falcão

quarta-feira, 22 de julho de 2009

PRESENTE


Minha mãe me disse que o que ela gostaria de ganhar de presente não poderia ser comprado.
Ela gostaria de ganhar: alegria, saúde e dinheiro.
Fiquei pensando como poderia atendê-la.
Afinal é tão bom poder dar exatamente o que a pessoa gostaria de ganhar, não?
Comprei então três vidros e neles escrevi: dinheiro, alegria e saúde.
O vidro de dinheiro enchi de moedas de chocolate.
O vidro de alegria de jujubas coloridas.
O vidro da saúde enchi com balas verdes.
Coloqueio-os numa caixa com a seguinte bula:

Modo de usar:
Sempre que necessário, abra a vidro e coma pelo menos uma " cápsula".

Indicações:
Saúde, alegria e dinheiro.

Contra Indicações:
Diabetes.

Precauções:
O uso em excesso pode engordar!

Interações:
São permitidas.

ESCULPINDO-ME


" Eu procuro por mim
tal qual o artesão procura sua arte
escondida nos excessos da matéria bruta de seu mármore"

Pde. Fábio de Melo - "Quem me roubou de mim?"

terça-feira, 21 de julho de 2009

SONHO


Sonhei que namorava uma foca!
Ele muito carinhoso me abraçava e ainda batia as mãozinhas.
Não falava nada...mas sua linguagem não verbal me seduzia.
Confesso que o bigode me incomodou na hora do beijo.
Acordei as gargalhadas!
Isso é o que chamo de carência!!!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

O TEMPO E AS JABUTICABAS



Amo jacuticaba.
Comer jabuticaba no pé é um dos prazeres que comigo caminham desde a infância.
Amo ler Rubem Alves. Lê-lo sempre acaricia a minha alma.
Esse final de semana li"O tempo e as jabuticadas" escrito por ele.
Hoje depois de muito tempo, e cheia de tempo, subi no pé de jabuticabas e as chupei ali mesmo.
Fresquinhas, docinhas e curtindo a lembrança do poema.


O TEMPO E AS JABUTICABAS

Rubem Alves

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver
daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquela
menina que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ela
chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados.
Não tolero gabolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir
quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos.
Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos
para reverter a miséria do mundo. Não quero que me convidem
para eventos de um fim de semana com a proposta de abalar o milênio.

Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir
estatutos, normas, procedimentos e regimentos internos.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas,
que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões
de 'confrontação', onde 'tiramos fatos a limpo'.
Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo
majestoso cargo de secretário geral do coral.
Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: 'as pessoas
não debatem conteúdos, apenas os rótulos'.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a
essência, minha alma tem pressa...
Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente
humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta
com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não
foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados,
e deseja tão somente andar ao lado do que é justo.

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo.

O essencial faz a vida valer a pena.

FÉRIAS, MÚSICA E LEMBRANÇAS I


O Carlos do Rochedo nos propós um passatempo. E recordei uma lembrança ligada a férias e música. Relato aqui também a minha lembrança musical.
Lá pelos anos 60 eu era bem pequenina e Roberto Carlos foi fazer um show numa cidade do interior aonde passavamos uns dias. Ele se hospedou no mesmo hotel que estavámos. Porém o seu quarto era de fundos e o nosso de frente.
A porta do hotel estava lotada de fãs e era início da noite.
Cada vez que uma das minhas irmãs, que tinha os cabelos curtos como o Rei, passava perto da janela as fãs iam ao delírio lá em baixo. Percebemos então, que elas viam a sombra e achavam se tratar do Rei Roberto.
Muito brincalhonas, colocamos uma calça de boca larga no braço dela. Ela de dentro do quarto e usando sua sombra acenava, e fazia os gestos como o rei.
As fãs que só viam as sombras, gritavam histéricas a cada gesto.
Eu não fui ao show pois era muito pequena ( tinha cerca de 4 anos).
Mas ganhei meu primeiro LP. Jovem Guarda - Roberto Carlos. E minhas irmãs tiveram a oportunidade de estar com o Rei e contar a nossa farra com as fãs.

sábado, 18 de julho de 2009

ALEGRIA NOS PLANOS


Esse final de semana está saindo melhor que o desejado.
Muitas vezes planejamos muito e nada sai como gostaríamos.
Nesse, planejei não planejar. Deixar as coisas acontecerem, mas com alegria.
Que delícia!!
Hoje curti uma praia deliciosa,bebendo a caipirinha de morango.
Na praia abri meus braços e abracei o sol. Um abraço quente, cheio de energias.
Como o sol me faz bem. Como é prazeiroso sentir na pele os carinhos da brisa do mar.
No almoço uma moqueca de "lamber os beiços", descanso, uma leitura perfeita, um jazz instrumental acompanhando, caminhadas a beira mar no entardecer. Perfeito!!
Só lembrei que era inverno com a brisa fria da noite estrelada.
Amanhã quero bis.