domingo, 19 de abril de 2009

DIA NACIONAL DA BOSSA NOVA


O presidente Lula sancionou na última sexta feira, dia 17, lei que cria o dia nacional da bossa nova.
Como não poderia deixar de ser a data será comemorada no dia 25 de janeiro, dia do nascimento do maestro TOM JOBIM.
Sou fã do movimento musical, do maestro,das músicas e do ritmo bossa nova.
Para comemorar a nova data nacional, um pouco de Juliana Aquino. Que mostra que até rock pode ter uma bossa e virar bossa nova.
video

10 comentários:

Mike disse...

E o presidente Lula fez muito bem. Só que não devia ser só Dia Nacional no Brasil... Bossa Nova já é universal, Lucia... como o rock. :)

Patti disse...

Bem merecido!

Luz disse...

Mike
Concordo com você. A Bossa Nova é universal.
Quem sabe uma data não puxa a outra? :)

Luz disse...

Patti

Merecido mesmo duplamente, não?

Pitanga Doce disse...

Concordo plenamente desde que não seja mais um feriado que ninguém aguenta. Esta semana aqui no Rio ficou assim: terça, dia de Tiradentes, quinta, São Jorge. A segunda, quarta e sexta tem gente "matando". O Descobrimento do Brasil ninguém lembrou. Ó vida!

bacouca disse...

Luz,
Quem não conhece e não canta "A moça de Ipanema"?
De parabêns os nossos irmãos por terem a Bossa nova e o Tom Jobim!!!
Daí virá parte da doçura brasileira?
Acho também qe a Pitanga tem razão: os portugueses criaram a mulata! Mereciam um feriado!Não fomos como os espanhois que entraram a "matar". Os nossos antepassados fizeram a miscigenação de culturas!

Luz disse...

Pitanga,
Aqui em Vitória, hoje temos feriado. Dia da padroeira, N. S. da Penha. Amanhã Tiradentes. E se fosse ainda o descobrimento viraria férias e com muito sol.

Luz disse...

Bacouca,

Nossa douçura ajudou a construir o movimento da bossa nova.
Adorei a sua reflexão sobre as mulatas. É isso ai. Viva aos nossos antepassados.
Beijocas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Parabéns ao Lula. foi uma boa ideia. Já estou a imaginar o próximo dia 25 de janeiro aí no Brasil!

Luz disse...

Carlos

Na verdade a idéia foi de um deputado federal. Mas o Lula aprovou.
A data vai ser de festa e o povo, a cultura, os artistas só ganham.
Beijinhos