segunda-feira, 29 de junho de 2009

A PENA


E cai uma pena ...
Que no ar vira, gira e dança como uma bailarina
para no chão pousar como pássaro que já foi.

Lucia Luz

10 comentários:

Pitanga Doce disse...

Que pena!

bom noite Luz!

Lisa Nunes disse...

Pena
que eu more
tão longe de ti.

GJ disse...

A pena podia ser tristeza, lástima, caneta, escrita. Mas é mesmo uma pena, daquelas que voam e fazem comichão no nariz. Os pavões têm penas e os patos também...;)

Mike disse...

Sente-se leve, Luz? ;)
Isso é bom, menina. :)

Luz disse...

Pitanga

ô dó!

bom dia de sol brilhante e céu azul amiga

Luz disse...

Lisa

Pena MESMO!!

Luz disse...

GJ

E elas voam.

Luz disse...

Mike

;))( riso maroto)

Evandro Varella disse...

O poema combinou tanto com o fundo musical...
uma pérola!
Bjs

Luz disse...

Evandro

Fico feliz que tenha gostado.
Um beijinho