domingo, 28 de junho de 2009

A LIÇÃO DE FARAH


Estou com o coração apertado.
Acabo de ver na televisão cenas do documentário feito pela própria Farah Fawcett sobre a sua luta contra o câncer.
Chorei. Me comovi.
Lembro da mais linda das Panteras, Farah e de como seus belos cabelos eram imitados por milhares de mulheres.
Não conhecia porém a mulher forte, corajosa, lutadora, brincalhona e amorosa que vi no documentário.
Uma mulher que disse jamais imaginar o quanto seria difícil ouvir três palavras: maligno, tumor e anal.
Farah lutou contra o câncer, lutou contra a imprensa sensacionalista que a destruía junto com a sua doença. Lutou contra a revista sensacionalista e a funcionária do hospital aonde fazia o tratamento que era quem alimentava a revista de fofocas.
Creio que quis mostrar seu verdadeiro eu aos seus fãs e não exitou mostrar sua corajosa luta, as suas dores, esperanças e medos.
Teve ao seu lado um grande amor Ryan O' Neil, seu ex marido e pai de seu único filho.Tanto ela quanto ele mesmo separados se ajudaram a lutar contra a doença. Ele teve um diagnóstico de leucemia, ela o ajudou. E desde o diagnóstico do câncer anal dela, ele não mais a deixou. Dias antes dela morrer ele a pediu em casamento novamente.
Ao ver as cenas do documentário aprendi muito. Com o documentário ela deu uma grande lição a todos e com muita dignidade.
E só me resta dizer : muito obrigada Farah .

9 comentários:

Pitanga Doce disse...

E era uma mulher linda, num tempo em que nem se ouvia falar em silicone.


Quanto a pessoa que vendia seus prontuários, como pode um ser humano fazer isso a outro?

boa noite Luz

Luz disse...

Pitanguinha

Era linda, charmosa, elegante. E como vc mesma disse com todos os originais de fábrica!!



Verdade Pitanguinha.

Bom dia de sol

Lisa Nunes disse...

Luzcia querida,
eu também fiquei bastante comovida com a morte de Farah, ela era um ícone de talento e beleza na nossa geração infanto-juvenil. Eu era fã do seriado, lembro que eu parava tudo para assisti-las.. e com certeza ela deu sua grande lição de amor, de vida e principalmente de luta. E é isso que fica. Um grande abraço e uma linda semana pra você

Patti disse...

Também vi, muito comovente e de uma força e coragem sem limite.

Luz disse...

Lisa

Fiquei feliz de conhecer esse outro lado dela.
Saiu a Pantera e entrou a mulher pé no chão.
Muito bacana!
beijinhos

Luz disse...

Patti

Fiquei pensando se eu teria toda essa força e coragem, creio que não.
beijinhos

Andrea disse...

Que pena que não vi o documentário ..
Gostava demais desse seriado
,beijão

Luz disse...

Andréa

Deve estar disponível no youtube.
Ou no site do Fantástico.
Se quiser posso olhar para vc.
Beijinhos

ROSANE SILVEIRA disse...

Oi, buscando uma imagem de pena eis que por sorte chego aqui amei o post sobre a Farah quem de nós enquanto menina não queria ser uma pantera neh vim acompanhando a sua doença e como vc mesmo disse ela era uma rocha e nos deixou exemplos
tudo de melhor pra vc
amei o teu cantinho vou voltar mais vezes e estou te seguindo
beijos de luz

Rosane Silveira