terça-feira, 26 de maio de 2009

TERAPIA MUSICAL


Acho que já disse aqui que AMO música.
Acho inclusive que nossas vidas deveriam ter trilhas sonoras. Ia ser o máximo!
Qualquer dia ainda escrevo um post sobre as minhas trilhas sonoras.
Hoje quero escrever sobre um fenômeno que tenho observado.
Muitas vezes do nada começo a cantar. E como gosto, tenho boa voz, deixo a música fluir.
Algumas vezes vem umas músicas do arco da velha .
De ficar me perguntando: como me lembrei daquela música é que passei a perceber que elas vinham do meu inconsciente. E as letras tinham tudo haver com o momento ou a situação que estava/estou vivendo. Algumas vezes preocupações, outras alegrias, decepções, conquistas enfim não importa.
Meu inconsciente achou uma forma divertida de se comunicar comigo.
E quando percebo o recado enviado por ele, reflito sobre a nossa terapia musical, canto com mais emoção e muitas vezes simplesmente dou um sorriso maroto pra o meu "amigo" inconsciente e continuo cantando!


Imagem: Google

8 comentários:

Lisa Nunes disse...

Luzcia querida,
eu tenho uma trilha sonora na minha vida, aliás, tenho várias trilhas e muitas delas começaram nos anos 80. Tem um programa especial de rádio daqui que gosto muito, ele se chama '80por hora' e nele tocam todas as músicas que compõem a minha trilha sonora preferida. Acho que é uma forma de não perdermos nossa memória, pois a música confirma fatos e vivências lá atrás e nos faz reviver muitos deles. Pra mim é isso. Tem também aquelas que gosto de cantar no chuveiro, só pra mim.. e isso me deixa muito feliz quando acontece. Um grande abraço pra você

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Já não me acontece com tanta frequência começar a cantarolar coisas que às vezes até detesto. Ainda bem para os outros, porque minha voz desafina mesmo...

Luz disse...

Lisa
Os anos 80 transbordam música.
Ainda vou fazer o meu post trilha sonora.
Adoro esses momesntos recordar é viver.
E tenho feito minha terapia musical a aprendido muito com as músicas.
Beijinhos

Luz disse...

Carlos
Cantar é tão bom. Cante nem que seja no banheiro.
Beijinhos musicais

Pitanga Doce disse...

Adoro ouvir música quando estou a dirigir na autoestrada. Canto, rio, choro, conforme a música.

Música sempre me acompanhou na vida e é verdade: tem umas que foram feitas só pra nós. hehe

bom dia Luz (mais um dia em que o Outono fez gazeta) Tá calor!

bacouca disse...

Luz,
Eu adoro também música! E canto mesmo sabendo que ao lado podem estar a tapar os ouvidos!!!(Aí baixo o tom...!). A música sempe me acompanhou e me acompanha. Com ela reflicto, com ela riu, com ela recordo, com ela choro, com ela me animo.
Eu digo que é o meu eco!!!
Um beijinho

Luz disse...

Pitanga

Amo as estradas e elas devem vir acompanhadas de música! Concordo.
Aqui também está quente.
E eu estou febril, com o corpo doendo....um medo de dengue que só vendo!
Beijinhos

Luz disse...

Bacouca ,
Adorei isso: A música é meu eco!
Vou usar também.
Beijinhos