sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

CARTA AO PAPAI


Pai

Hoje faz um ano que nos despedimos.

Tenho certeza que você está bem e que foi somente um até breve.

Sua “presença” é forte e marcante.

Por aqui tudo está se encaminhando. Afinal você nos preparou para vida direitinho.

Com você aprendi a brincar, a falar e a caminhar sozinha.

Com você aprendi a amar a Deus e aos homens.

Aprendi a ter uma mente aberta, curiosa, criativa, alegre e moderna.

Aprendi que o importante é amar. Aprendi tantas coisas....

Pai como você nos faz falta!

Quero lhe dizer que as saudades e o vazio são grandes.

Ah...pai que saudades dos banhos gostosos e da nossa cumplicidade e proximidade.

Saudade de ouvir a sua voz, de sentir o seu cheiro, do dedinho mindinho serelepe nos cumprimentando.

Saudades de suas brincadeiras.

Saudade de ver você dando “soquinho” de amor no queixo da mamãe.

Saudade.....saudades......

Sabe pai, sou felizarda por ter tido você em minha vida.

Pai meu exemplo, meu guia.

Se puder, continue cuidando de nós .

Vaya com Dios, mi vida!

E não se esqueça:

Me too!!! Para sempre viu?

8 comentários:

Patti disse...

Um beijinho de Lisboa.

Luz disse...

Patti

Obrigada pelo gesto de carinho e solidariedade.
Beijinhos de Vitória!
Lucia

Leo disse...

Lu ... comovente este teu texto ..
Gostei bastante ... solidez gera solidez .. amor gera amor ..
carinho gera carinho ...
Teu pai ajudou a te formar assim..como és .

receba meu abraço

Luz disse...

Leo

É verdade querido.
Ser fruto dele é um orgulho e minha riquesa.

Obrigada pelo carinho e pela visita.
Beijo
Lucia

bacouca disse...

Não resisti e deixo o comentário apesar de no meu blog ter perguntado se permitia. Mas a sua carta não pudia "esperar" por autorização...:(
Que recordação tão linda que guarda do seu Pai e eu acho, Luzcia, que essa saudade enorme que sente (eu também passo por isso em relação ao Pai e Mãe)acaba por se confundir com felicidade de ter tido alguém que a marcou tão positivamente. E nunca se esqueça, ele está lá olhando e ... cuidando!
Um beijinho

Luz disse...

Bacouca
Você definiu tudinho. O que sinto são saudades e MUITA felicidade por tê-lo na minha vida.
pode deixar que não vou me esquecer.
Obrigada pela visita, pelo comentário e apareça sempre.
Estou lhe linkando nos meus blogs favoritos.
beijos

Paola disse...

Lucia, que lindo o texto!! Me emocionei!! Chorei e ri ao mesmo tempo, ao lembrar do jeito alegre e brincalhão do vovô. Com certeza todos temos um pouquinho dele dentro de nós.
Que saudades do dele...
Beijo grande.

Luz disse...

Paola querida!!!
Que bom ter você aqui.
Obrigada pelo elogio.
Temos muito dele mesmo.
Hoje mesmo estava lembrando do jeitinho galante e cortejador. A elegância em todos os detalhes. O amor jorrando de dentro dele por todos nós.
Que bom que aproveitamos e curtimos bastante não?
Beijos e apareça sempre.
Com amor,