segunda-feira, 22 de agosto de 2011

BRECHÓS




Amo brechós. Primeiro por acreditar que devemos reaproveitar o belo. Depois eles são uma economia e a artigos que só se acha ali. Um lado meu romântico? Talvez.

Um elo entre passado e presente me levando em direção ao futuro. Resgatam histórias e preservam épocas maravilhosas.

Brechós me contam as minhas histórias.  Me fazem reviver momentos da minha vida. Me fazem rir só de pensar que já usei isso ou aquilo. Há tantos objetos, roupas, acessórios que contam a nossa história. Uma roupa igual a que a minha irmã usou numa festa dos anos 80. Um brinco igual ao que minha mãe usava quando eu era criança e por ai vai.

Amo também é claro, pelo preço. A oportunidade de usar algo bom, bonito, único e barato.

Não tenho problemas com relação à “energia” de outra pessoa naquela roupa. A gente não vende o que ainda gosta ou a que se tem apego. Quem vende uma roupa ao brechó é porque não a quer mais. E por isso, liberou as “energias”.

Quanto ao cheiro, nunca tive problemas e  se tivesse não seria nada que uma boa lavagem não resolvesse.




 Dicas de Brechós:
Em São Paulo:
Minha Vó Tinha - é de deixar qualquer um maluco com tantas boas opções. Muito procurado pelos editoriais de moda. Vende e aluga peças. Fica em Perdizes na Rua Dr. Francisco da Rocha 74.
Vó Judith - fica no centro Rua do Carmo,122.
Passado Presente - lá é para garimpar. Boas  opções de vestidos para festa antigos e lindos! fica na galeria Ouro Fino na Rua Augusta 2690.  Na loja em frente também há boas opções é a loja é da neta da dona do Brechó Passado Presente.
Em Belo Horizonte:
Santíssima - Muitas peças legais e bijuterias que parecem jóias antigas. Fica na R. Fernandes Tourinho 385.
Retrô - Muitos  acessórios e roupas bacanas. Fica na Fernandes Tourinho 363.
Brilhantina - Vale a pena visita. Rua Tomé de Souza,821.


Infelizmente aqui em Vitória ainda não temos ... Uma questão cultural penso eu.


Fotos dos brechós citados.

8 comentários:

Pitanga Doce disse...

Sabes que nunca entrei num brechó? Falta de oportunidade e companhia, talvez! Deve ser divertido, mesmo!

Volta lá na árvore.

beijos

Luz disse...

Ah quando eu for ao Rio vamos juntas.
Viajo neles...
Respondido na árvore
Beijinhos

Bacouca disse...

Luz,
Estou como a Pitanga: nunca entrei mas aqui também não há. Só Porto, Lisboa, etc. Tenho uma amiga que tem um no Porto: segundo ela é uma correria de pessoas. Deve por a nossa imaginação a 100 à hora!
Beijo

Luz disse...

Bacouca

Põe mesmo.
Quando puder faça uma visita e depois me conte.
Beijo
Lucia

Dulce Braga disse...

Adoro reciclar, reaproveitar, rebatizar, costumizar, "brechosar"...:).Bjs

Luz disse...

Dulce

Somos duas então.
beijinhos

Lucia

Brechó Glória disse...

Olá,
gostei muito do que escreveu sobre Brechós, um texto emocionante...Se me autorizar gostaria de estar compartilhando com minhas leitoras...
um gde abraço
Cler

Lucia Luz disse...

Cler,fico feliz que tenha gostado. Citando a fonte não há o menor problema, pode postar.
Sucesso para você.
Com carinho

Lucia