segunda-feira, 20 de julho de 2009

FÉRIAS, MÚSICA E LEMBRANÇAS I


O Carlos do Rochedo nos propós um passatempo. E recordei uma lembrança ligada a férias e música. Relato aqui também a minha lembrança musical.
Lá pelos anos 60 eu era bem pequenina e Roberto Carlos foi fazer um show numa cidade do interior aonde passavamos uns dias. Ele se hospedou no mesmo hotel que estavámos. Porém o seu quarto era de fundos e o nosso de frente.
A porta do hotel estava lotada de fãs e era início da noite.
Cada vez que uma das minhas irmãs, que tinha os cabelos curtos como o Rei, passava perto da janela as fãs iam ao delírio lá em baixo. Percebemos então, que elas viam a sombra e achavam se tratar do Rei Roberto.
Muito brincalhonas, colocamos uma calça de boca larga no braço dela. Ela de dentro do quarto e usando sua sombra acenava, e fazia os gestos como o rei.
As fãs que só viam as sombras, gritavam histéricas a cada gesto.
Eu não fui ao show pois era muito pequena ( tinha cerca de 4 anos).
Mas ganhei meu primeiro LP. Jovem Guarda - Roberto Carlos. E minhas irmãs tiveram a oportunidade de estar com o Rei e contar a nossa farra com as fãs.

6 comentários:

Andrea disse...

Nossa a Monica ,minha irmã ,vai adorar esa história ,porque ela é LOUCA com o rei ..
beijão

Luz disse...

Andréa

E esse fato aconteceu ai nas MInas Gerais!
E A Mônica tem bom gosto!!!
Beijão

Pitanga Doce disse...

Luz, seeeenta que lá vem história (já dizia o Castelo Ra-tim-bum). Eu vi com esses olhos que hoje estão mais escuros por causa da chuva o Roberto Carlos no começo do começo, se é que você me entende.

Foi assim: Eu participava de um bailado amador e tínhamos uma apresentação no teatro João Caetano aqui no Rio. Eis que...aparece aquela figura tímida com sua tradicional, porém muito avançada, ( para a época) camisa vermelha e pede ao apresentador do espetáculo para cantar. E ele vai para o microfone com o seu violão e canta Splish Splash.
Não é o máximo? Ainda vou perguntar ao Rei se ele se lembra disso? hehehe

boa noite Luz. Frio no Rio e se EU digo que está frio, pode acreditar.

Luz disse...

Pitanguinha

Adoro ouvir histórias.
Entendo sim. E mesmo naquele começo do começo ele já era marcante não?
Já era um rei.
Pitanga sabe que eu também participava de um grupo assim? Só que lá em Minas.
E aqui hoje também chove e está frio.
Beijinhos

Lisa Nunes disse...

Luz, muito engraçado essa história da tua irmã se passar pelo Roberto Carlos, que inocência linda, pura, coisa rara hoje em dia. E hoje em dia, ela ainda brinca de imitá-lo?
Bjos

Luz disse...

Lisa

Hoje em dia ela não brinca não.
Até porque as diferenças hoje são muitas.
Mas na época rimos muito.
Beijinhos