segunda-feira, 12 de abril de 2010

ÓCIO POÉTICO


Estou no sítio há quatro dias, curtindo meu ócio poético.
Estou  pertinho pertinho de Vitória, mas o suficiente para poetizar e claro descansar.
Na noite que cheguei já deu para admirar o céu estrelado que só a noite no campo pode nos dar.
Fiquei horas, localizando as três marias, o cruzeiro do sul....viajando nas e com as estrelas.
Deitada, sozinha e me banhando de poesia estrelar.
Aqui gosto de me sentar na varanda e passar horas e horas contemplando a criação divina.
Só mesmo Deus para fazer essa pintura! A natureza  fica ali exibindo seus mais diversos tons de verde que brilham a cada raio de sol. E esse verde é perfeito para contrastar com os tons de azul no céu.
Como não crer em Deus diante desse espetáculo?
Meu ócio poético é embalado pelos sons da natureza. Aqueles simples, mas que se encontram perdidos na pressa das capitais.
O vento nesse momento chama as árvores para dançar. E esse bailado produz um som delicioso.
Pássaros, galos, gansos, peru ,mugidos, latidos enchem meu coração de alegria com suas prosas.
Conversam sozinhos, mas seus sons ecoam como uma orquestra afinadíssima.
Minha viagem poética chega ao horizonte. Contemplo um pôr de sol que surge.
Um pôr de sol daqueles de tirar o fôlego de qualquer poeta!
Agradeço á Deus por me dar sentido a todos os meus sentidos!!!

4 comentários:

bacouca disse...

Luz
Minha querida que saudades! Acredita que até fiz um post falando da impôrtancia dos blogs? Como a gente se liga às pessoas!
Tudo bem consigo? Pelo que escreveu, transmitiu-me bonança depois da tempestado. Será?
Mil beijos cheios de saudade

Mônica disse...

Ficar assim é como ficar mais perto de Deus e do proximo
com carinho Monica E respirar Deus

Mônica disse...

Que pena que voce sumiu!
Com carinho Monica

Gisely Azevedo disse...

Adoro seu blog. Então, to passando aqui, (além dos motivos de sempre rs) pra dizer que indiquei vc para uma homenagem entre blogueiros. Passa no blog e pega seu selo.