quinta-feira, 30 de abril de 2009

RONALD, ATÉ TU?




Fui agora a noite com meu filho ao Mc Donald's e saímos de lá as gargalhadas.
O Ronald era um rapaz de cabelos crespos, tipo blackpower, lembram?
Pois então, ele mudou.
Ronald aderiu a moda das chapinhas, escovas inteligentes, escovas progressivas, alisamento ou seja lá que nome tem. Ele agora usa o novo modelito de cabelos lisos!!!
Até tu, Ronald????

TRUQUE DO CALENDÁRIO



Clique na imagem para aumentar.
E não deixe de conhecer o trabalho de Ceó Pontual e suas frases ilustradas.

MINHAS MAIS NOVAS RIQUEZAS


Meus amigos queridos, que aqui vem e deixam muito de vocês para meu tesouro.
Minha mais recente riqueza, são vocês.
Obrigada por cada gesto de carinho.
Obrigada por tornar a minha vida mais bela e feliz.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

GRANDE LIÇÃO


“Amanhã fico triste… amanhã!
Hoje não… Hoje fico alegre!
E todos os dias, por mais amargos
que sejam, eu digo:
Amanhã fico triste, hoje não…”

Poema encontrado na parede de um dos dormitórios de crianças do campo de extermínio nazista de Auschwitz

CORAÇÃO


coração ferido
arremetido do peito

quarta-feira, 22 de abril de 2009

PALAVRAS - ADRIANA FALCÃO


PALAVRAS

As gramáticas classificam as palavras em substantivo, adjetivo, verbo, advérbio, conjunção, pronome, numeral, artigo e preposição.

Os poetas classificam as palavras pela alma porque gostam de brincar com elas e pra brincar com elas é preciso ter intimidade primeiro.

É a alma da palavra que define, explica, ofende ou elogia, se coloca entre o significante e o significado pra dizer o que quer dar sentimento às coisas, fazer sentido.

Nada é mais fúnebre que a palavra fúnebre.

Nada é mais amarelo do que o amarelo-palavra.

Nada é mais concreto do que as letras c.o.n.c.r.e.t.o, dispostas nessa ordem e ditas dessa forma, assim, concreto, e já se disse tudo, pois as palavras agem, sentem e falam por elas próprias.

A palavra nuvem, chove.

A palavra triste, chora.

A palavra sono, dorme.

A palavra tempo, passa.

A palavra fogo, queima.

A palavra faca, corta.

A palavra carro, corre.

A palavra palavra, diz o que quer. E nunca desdiz depois.

As palavras têm corpo e alma, mas são diferentes das pessoas em vários pontos. As palavras dizem o que querem, está dito, e ponto.

As palavras são sinceras, as segundas intenções são sempre das pessoas.

A palavra juro não mente.

A palavra mando não rouba.

A palavra cor não destoa.

A palavra sou não vira casaca.

A palavra liberdade não se prende.

A palavra amor não se acaba.

A palavra idéia não muda. Palavras nunca mudam de idéia.

Palavras sempre sabem o que querem.

Quero não será desisto.

Sim nunca jamais será não.

Árvore não será madeira.

Lagarta não será borboleta.

Felicidade não será traição.

Tesão nunca será amizade.

Sexta-feira não vira Sábado nem depois da meia-noite.

Noite nunca vai ser manhã.

Um não serão dois em tempo algum.

Dois não serão solidão.

Dor não será constantemente.

Semente nunca será flor.

As palavras também tem raízes, mas não se parecem com plantas, a não ser algumas delas: verde, caule, folha, gota.

As células das palavras são as letras. Algumas são mais importantes que outras.

As consoantes são um tanto insolentes. Roubam as vogais pra construírem sílabas e obrigam a língua a dançar dentro da boca. A boca abre ou fecha quando a vogal manda.

As palavras fechadas nem sempre são mais tímidas. A palavra sem-vergonha está aí de prova.

Prova é uma palavra difícil.

Porta é uma palavra que fecha.

Janela é uma palavra que abre.

Entreaberto é uma palavra que vaza.

Vigésimo é uma palavra bem alta.

Carinho é uma palavra que falta.

Miséria é uma palavra que sobra.

A palavra óculos é séria.

Cambalhota é uma palavra engraçada.

A palavra lágrima é triste.

A palavra catástrofe é trágica.

A palavra súbito é rápida.

Demoradamente é uma palavra lenta.

Espelho é uma palavra prata.

Ótimo é uma palavra ótima.

Queijo é uma palavra rato.

Rato é uma palavra rua.

Existem palavras frias como mármore.

Existem palavras quentes como sangue.

Existem palavras mangue, caranguejo.

Existem palavras lusas, Alentejo.

Existem palavras itálicas, ciao.

Existem palavras grandes, anticonstitucional.

Existem palavras pequenas: microscópio, minúsculo, molécula, partícula, quinhão, grão, covardia.

Existem palavras dia: feijoada, praia, boné, guarda-sol.

Existem palavras bonitas: madrugada.

Existem palavras complicadas: enigma, trigonometria, adolescente, casal.

Existem palavras mágicas: shazam, abracadabra,pirlimpimpim, sim e não.

Existem palavras que dispensam imagens: nunca, vazio, nada, escuridão.

Existem palavras sozinhas: eu, um, apenas, sertão.

Existem palavras plurais: mais, muito, coletivo, milhão.

Existem palavras que são palavrão.

Existem palavras pesadas: chumbo, elefante, tonelada.

Existem palavras doces: goiabada, marshmallow, quindim, bombom.

Existem palavras que andam: automóvel.

Existem palavras imóveis: montanha.

Existem palavras cariocas: Corcovado.

Existem palavras completas: elas todas.

Toda a palavra tem a cara do seu significado. A palavra pela palavra, tirando o seu significado fica estranha. Palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra, palavra não diz nada, é só letra e som.

Adriana Falcão

terça-feira, 21 de abril de 2009

PIT STOP PARA LAVAR A ALMA

Somos obrigados a fazer muitas coisas que não gostaríamos ou que preferíamos não fazer nessa vida.
São coisas necessárias, tudo bem.
E como diz a música : " É preciso saber viver".
Buscar o equilíbrio é mais que necessário.
Por isso procuro fazer pit stops sempre que posso.
Coisas como uma boa música, boa companhia, passeios e viagens, o contato com a natureza, futebol ( de preferência com o time ganhando), fazer inventos, curtir o dolce far niente, a culinária, curtir o sol e seu kit ( céu azul, praia, piscina, animação, energia), tomar sorvete e etc.
Coisas simples sim , mas que lavam a minha alma.
Depois delas saio com a alma lavada,alvejada, engomada, cheirosa e pronta para outras tantas obrigações não prazerosas.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

BUENOS AIRES É AQUI


Flor belíssima - estrada Buenos Aires/ES


Foto de Carlos Martins de flor da Mata Atlântica em Buenos Aires/ES


Pedra do Elefante - Buenos Aires/ES


Vista da praia de Guarapari/ES do alto de Buenos Aires

A muito tempo que queria conhecer Buenos Aires.
Não, não é na Argentina. É um pequeno distrito de Guarapari a cerca de 51 km de Vitória.
Aproveitando o feriado, fomos hoje e me apaixonei.
Mata Atlântica, sons de pássaros inebriantes, cheiro de mato, visual lindo da praia de Guarapari ao fundo.
Cachoeiras, rios limpidos e transparentes.
Flores belíssimas.
Lugar belíssimo, boa cia e um piquenique bem caprichado = dia perfeito.

domingo, 19 de abril de 2009

DIA NACIONAL DA BOSSA NOVA


O presidente Lula sancionou na última sexta feira, dia 17, lei que cria o dia nacional da bossa nova.
Como não poderia deixar de ser a data será comemorada no dia 25 de janeiro, dia do nascimento do maestro TOM JOBIM.
Sou fã do movimento musical, do maestro,das músicas e do ritmo bossa nova.
Para comemorar a nova data nacional, um pouco de Juliana Aquino. Que mostra que até rock pode ter uma bossa e virar bossa nova.
video

VELOCÍPEDE OU BICICLETA?


Velocípede

Aqui no Brasil chamamos o pequeno veículo com pedais e três rodas, usados por crianças pequenas.
Já em Portugal velocípede é a nossa bicicleta.
E o velocípede, como é conhecido em Portugal? Triciclo

sábado, 18 de abril de 2009

ANÚNCIO SHOW!



Anúncio da Itaipu para o Dia Mundial da Água.
Maravilindo!!!
Clique na imagem para ampliá-la.

PAZ

Uma imagem
Uma viagem
Uma luz
Que me seduz
Um novo caminho
que se faz.
E eu?
Na paz.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

MUDANÇAS


Há sempre um momento em minha vida que eu paro e falo: hora da transformação.
E lá vou eu rumo as mudanças internas e/ou externas.
Como diria o inventor Tomas Edison jogamos fora boas oportunidades pois elas vem vestidas com macacão de operário.
Fazer mudança dá trabalho. E não é fácil sair da zona de conforto e encarar as próprias dificuldades e ultrapassá-las.
Outro ponto importante é deixar as vozes internas se colocarem.
Depois como boa dona da casa, colocar ordem e deixar que apenas uma comande a mudança.
Confesso que gosto das mudanças. Talvez por ter desde pequena me acostumado com elas e por isso mesmo não ser apegada a coisas materiais e muito menos a temê-las.
As mudanças da minha vida sempre foram pra melhor.
Gosto de gostinho de novo, de novidade. Do desafio de achar um jeito melhor.
O único apego que tenho é as pessoas. Essas eu sinto falta.E não deixo para trás. Vou carregando-as nem que seja dentro de mim ou nas fotos.
A vida está sempre em movimento.
Aprendi que quanto mais resistimos as mudanças,mais a vida vem e nos muda com sua força. E como se ela dissesse:
- Ei sai dai que está me atrapalhando a caminhar, correr,dançar .
Então prefiro ir encarando as necessidades de mudança e fazendo-as com carinho. Ou então, caso seja necessário com a força necessária e de mangas arregaçadas.
O objetivo das mudanças são quase sempre os mesmos: melhorar.
Por isso mesmo acredito: mudar é bom!

segunda-feira, 13 de abril de 2009

TEMPO...TEMPO


Ando cada dia mais impressionada com a correria das pessoas.

Corremos tanto e muitas vezes perdemos oportunidades fantásticas!

Perdemos até a chance de receber um gesto de carinho.

E olha que andamos carentes, sozinhos .

Perdemos momentos de amor, palavras de conforto, uma visão única, por pura falta de tempo.....

Há momentos que não voltam.São espontâneos.São únicos.

Uma mão que fica solitária estendida a espera da outra que já partiu apressada porque estava sem tempo. Um rosto que fica a espera do beijo...

Corremos para lá e para cá .....

Creio mesmo que andamos é correndo da vida.

Quem sabe correndo de nós mesmos?

Andamos correndo dos nossos sentimentos.

Não temos tempo para olhar. Para contemplar.

Andamos correndo e andamos de cabeças baixas.

Como ver assim?

Tenho o privilégio de ver um ninho de passarinho sendo construído na frente de minha janela.

E fico pensando....quantos vizinhos estão perdendo essa visão, esse aprendizado. Por falta de tempo de olhar pela janela!!

Falta tempo para se contemplar... Falta tempo para se escutar... Falta tempo para as boas prosas... Falta tempo para encontrar as pessoas queridas..

E o que estamos fazendo com nosso tempo????

Já corri muito.....e confesso que até no fundo, no fundo achava bonito, bacana ser uma mulher ocupada, sem tempo pra nada.

Hoje não! Não quero isso mais para mim.

Precisei ser parada pela vida.

Ao ser parada pela vida, aprendi a valorizar o tempo....e entender o que andam fazendo com o nosso tempo.

Nos fazem correr ......pois só assim não pensamos...não analisamos....não enxergamos.....não escutamos.....não sentimos....não somos tocados...... não amamos verdadeiramente.....

Ah.... não é isso que quero para mim! Quero pensar, ver, escutar, sentir, tocar, quero amar e ser amada.

Quero viver todos os sentidos e sentimentos que Deus em deu.

Por isso aproveito cada momento....

Uso meu tempo....administro meu tempo e cada sentido que Deus meu deu..... E sabe de uma coisa? Cada dia faço mais coisas e tenho mais tempo!





domingo, 12 de abril de 2009

PRONÚNCIAS


Entrou em vigor no inicio desse ano o acordo ortográfico. O acordo é um tratado internacional que visa criar uma ortografia unificada para o português em todos os países de língua oficial portuguesa.
O Brasil terá dois anos para se adequar as mudanças. Portugal terá seis anos.
Há aqui na Internet manifestos pró e contra a reforma. Mas não vou discutir isso.
Pelo que sei porém, o tratado não leva em conta o léxico.
Léxico pode ser definido como o acervo de palavras do idioma.É o conjunto de palavras que temos a nossa disposição para usar oralmente ou na escrita. E sua característica é ser mutável.
Mutável porque deixa de ser usado. O léxico é vivo e por isso muda para acompanhar as nossas mudanças.
Antigamente, por exemplo, se dizia "Esse rapaz é um pão!"
Hoje se diz : "Que cara lindo!!! "ou para os mais jovens:" O cara é irado!"
O léxico é vivo e por isso muda para acompanhar as nossas mudanças.
O tratado ( pelo que sei) também não leva em conta o vocabulário.
Não tem como unificar os significados das palavras num mesmo país imagine em países diferentes?
Aqui no Brasil dependendo do lugar há palavras diferentes com o mesmo significado. Exemplifico: aipim,mandioca e macacheira.
Outro exemplo bidê e mesinha de cabeceira. Pode?
Pode.
Vejo que teremos alguns probleminhas ao unificar a língua...
Então inspirada no pronúncia do norte e pronúncia do sul do meu querido amigo Carlos, passo a postar a
Pronúncia de Portugal + Pronúncia brasileira.

Marialva = Mulherengo

Não consigo entender a relação. Aqui Marialva é nome de mulher!

sexta-feira, 10 de abril de 2009

FELIZ PÁSCOA! FELIZ RENOVAÇÃO!!


Sua origem é incerta.
Não se sabe exatamente quando, nem mesmo onde começou.
No entanto, em todas as versões, pesquisas, tradições ou mesmo lendas: o significado da Páscoa como uma festa universal, na qual os homens, independentemente de credo e origem, comemoram e louvam o próprio fenômeno da vida.
Assim, através dos séculos, todos os homens preparam-se para, nesta época do ano, render homenagem à ressurreição da vida.
Para o povo hebreu, a festa tinha um sentido de libertação e de nova era, o Pessach (Passagem).

Entre os povos nórdicos, a Páscoa seria uma festa pela prosperidade e, em síntese, pela própria vida, consubstanciada na íntima união entre o homem e a terra.

Para o povo chinês de onde vem o costume de se dar ovos como presente de Páscoa, tem o significado da renovação da vida.
Nem tudo, porém, se manteve na comemoração da Páscoa. De um lado, a vida moderna nas grandes cidades praticamente deu fim a vários aspectos da festa da Páscoa.
Lembro-me com alegria, que o meu pai e minha mãe escondiam vários ovinhos de Páscoa pela casa, para que nós os encontrássemos. Lembro-me ainda de fazer o mesmo para meu filho e ainda colocar meus dedinhos na farinha imitando as pegadas do coelhinho para que ele as seguisse.
Hoje, quando muito, procuram escondê-lo dentro de casa, apesar de predominar o hábito de presenteá-los diretamente.
Um fato, porém, atravessa os séculos - o profundo significado humanístico da páscoa, um momento muito especial para que todos nós, de todos os credos e povos, recordemos o seu significado, como símbolo e fórmula de celebrar a vida, um jeito especial de viver a libertação, um compromisso de respeitar e se unir a terra e acima de tudo renovar sua própria vida!
A foto que envio junto com minha mensagem lhe desejando feliz Páscoa e mais ainda FELIZ RENOVAÇÃO capturei na internet e pode para alguns não ter sentido com a Páscoa.
A foto se chama : “ E do lixo se fez arte e amor!”.

Que nós renovemos nossos lixos em arte e amor nesta páscoa!


quarta-feira, 8 de abril de 2009

A MATEMÁTICA DA LUCIA


Nunca gostei de matemática.
E sou uma negação nela.
Não me envergonho de falar.
Também pudera não sou uma pessoa digamos assim exata.
Por isso errei no valor do pagamento da diária da pousada em euros no post anterior.
O valor correto né 11,80 euros.
Sorry.
E obrigada Celino pela aula e correção.

VOCAL PEOPLE

Não os conhecia. Recebi via mail de uma amiga também fonoaudióloga.Não há efeitos sonoros e nem acompanhamento instrumental. Todos os efeitos são vocais. Um show!!! Compartilho com vocês o Vocal People.
video

terça-feira, 7 de abril de 2009

PORQUE NÃO DEU CERTO?


No último final de semana fui a uma pequena praia no litoral sul de meu estado chamada de Praia dos Castelhanos. Amo o lugar pela beleza , tranquilidade e pelo ambiente ainda não "glamurado" pela imprensa .
Costumo ficar numa pousada de uns amigos e frequento sempre o mesmo quiosque a beira mar.
No final de semana porém estava com minha irmã e sua netinha que moram em outro estado ( Minas Gerais) e junto com a minha mãe resolvemos passear por lá.
Antes passaríamos no Projeto Tamar, numa praia linda bem ao lado de Castelhanos para que nossa pequenina pudesse ver as tartarugas no Projeto Tamar.
O lugar é meio deserto. De uma lado nada e do outro muito mato e bem na frente mata e mar. Lindo.
Paramos em frente ao Tamar, desligamos o carro e primeira surpresa: O projeto fecha aos finais de semana!!! Gente, isso deve ser porque nos finais de semana, fora da temporada, há turistas ? Então se fecha quando há mais movimento e abre-se durante a semana quando só há os " nativos". Muuuito mais calmo e melhor de trabalhar.
E também vale ressaltar que por favor, nada de problemas ou pesquisas no final de semana heim tartarugas amigas.
A segunda surpresa veio logo a seguir. Ligamos o carro e nada! Mais uma tentativa e .....nada! Ela que era a motorista olha para o ponteiro da gasolina e ......NADA!
É preciso colocar ainda que eu e essa minha irmã somos aquelas pessoas que andam sempre no mundo da lua.E esquecemos ( coisa muito natural para os lunáticos) de olhar como andava a gasolina.
Como quem tem amigos não fica na mão. Tentei por celular ligar para meus amigos e não consegui falar com nenhum deles.....
Nisso a pequenina de 3 anos me fala que quer ir ao banheiro e minha mãe de 83 também.
Sabia que andando um pouquinho havia uma pousada. Caminhei até lá e fui atendida por uma moça e sua cachorrinha que latia muito e vinha como uma fera mirando meus pés.
Parei e falei com as duas. Sou do bem.
Expliquei o acontecido , me apresentei, falei os nomes dos meus amigos da cidade ( que são pessoas muito conhecidas lá) e pedi que ela ligasse para eles para mim. Ela disse que só tinha celular ( como se celular não fizesse ligação). Pedi a ela a gentileza de deixar que as duas usassem o banheiro. A terceira surpresa: a dona da pousada disse NÃO.
Com calma ( sou calma, paciente.....até que perca tudinho heheheh) disse novamente a idade das duas, disse que ninguém iria sujar nada....e etc. Ela concordou. Deixei as três lá e fui caminhando até a praia de Castelhanos buscar socorro.
Caminhei...caminhei....caminhei....e cheguei.
Logo encontrei meu amigo Cláudio dono do quiosque. Expliquei a ele de todo ocorrido e ele na mesma hora pegou o carro e fomos lá buscá-las.
Esse meu amigo (que já foi presidente da Associação local) , é pessoa muito conhecida e querida por todos da região. E ficou impressionado com o que eu contava quanto ao atendimento que tivera na pousada! Ele no fundo até duvidava que fosse mesmo a dona.
Quando chegamos ele viu que eramesmo a dona!
Quando ela me viu com ele, ficou muito muito sem graça.
Foi quando tive a nossa quarta surpresa: a dona da pousada depois que eu sai falou com elas que para usar o banheiro e ficar por lá me aguardando teriam que pagar meia pensão ( R$ 40 reais ou o equivalente a 118 euros)!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Minha irmã concordou indignada, por causa das duas e por não ter outra opção. Além do que não sabia quanto tempo eu demoraria.
Clllllaaaaaaaaaro que quando a moça ( que de moça não tinha nada...) me viu com o Cláudio disse que não cobraria mais. E mudou da água para o vinho.
Disse que se quiséssemos podíamos ficar lá a vontade....e tal...
Saímos de lá correndo e comentando como se trata potenciais clientes turistas assim?
Se ela tivesse nos deixado ligar ou mesmo ligado ( nem que fosse para a polícia pedindo socorro pra nós), se tivesse deixado as duas usarem o banheiro , não tivesse cobrado e no mínimo tivesse sido simpática, teria ganhado clientes!!!!
Depois não sabem porque o negócio não deu certo. Culpam o país, as pessoas, as tartarugas e quem mais estiver pela frente.
Saímos de lá e meu amigo que é expert em atendimento ao turista nos deixou curtindo a praia, as delícias de seu quiosque e foi resolver o nosso problema.Nem nos deixou entregar o dinheiro da gasolina. Foi pessoalmente, buscou um recipiente, comprou a gasolina e nos chamou apenas para nos levar até o carro , colocar a gasolina e trazer o carro pra frente do quiosque.
Quando ao final do dia pagamos a conta, pagamos a despesa do que comemos, bebemos, o uso do chuveiro e pagamos felizes a gasolina.
Ele percebeu que o problema do cliente é problema dele também. E só sem aqueles problemas podemos curtir, gastar e voltar mais e mais vezes.
Infelizmente o atendimento ao cliente ainda é sabedoria de poucos.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

CRIATIVA IDADE



Sempre me achei desajeitada para os trabalhos manuais.
Não sei costurar, não sei fazer croché,tricô, não sei bordar.
Acreditava realmente não ter habilidades artísticas e muito menos firmeza nas mãos.
Desde pequena era desligada e acreditei nas pessoas que me chamavam de " desajeitada".
Por isso mesmo nunca tentei.Até que um dia conversando com uma de minhas irmãs, dei umas ideias e ela disse:
- Você é a mais criativa de nós!
Depois foi uma colega de trabalho que falou mais ou menos a mesma coisa.
Pensei nisso por algum tempo. E resolvi tentar. Aos poucos, devagarzinho.
Comecei a perceber que a criatividade é coisa para todos. Já nasce com as pessoas.
Umas permitem que ela se desenvolva e outras a mantém quietinha, diria até que adormecida.
A minha estava meio petrificada ou quem sabe estava ainda à luz de velas.
Na verdade, quando ouvi aquilo da minha irmã foi como se ela estivesse me autorizando a ser inovadora, criativa e desbloqueei.
Juntei minhas observações, conhecimentos, liberei a minha imaginação e me permiti criar colares, garrafas, potes, xales,flores, arranjos, enfeites para festas.....
Precisei chegar a matur+ idade para perceber em mim a criati+ idade.
E fico pensando: quantas coisas durante a minha vida deixei de fazer por acreditar no que diziam.
Hoje como uma criança que descobre seu baú de brinquedos, vivo " pintando e bordando", brincando e deixando a menina Lucia fazer a maior arte e farra!!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

OLHAR SEDUTOR

E a lua me olha com um olhar muito atraente.
Um olhar sedutor e quente....
Por fim, entrego-me dizendo:

Lua lua...
Digo que sou sua
E quero que me possuas.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

COISAS SIMPLES, BELAS E ALEGRES PARA SE FAZER EM ABRIL


COISAS SIMPLES, BELAS E ALEGRES PARA SE FAZER EM ABRIL

1)Use seus talentos

2)Coma chocolate em barra, em pó, ao leite, branco, crocante.....

3)Assovie uma música enquanto se arruma para trabalhar

4)Dê a si mesmo o direito de ser criança.

5)Pratique voluntariado.

6)Vá ao teatro

7)Visite um sebo

8)Ande de bicicleta

9)Fale menos e ouça mais

10)Ligue para um amigo que não vê a muito tempo

11)Abra as portas de sua vida e liberte-se do que não precisa mais.

12)Coma queijo e para acompanhar celebre com um vinho.

13)Paquere

14)Faça um escalda pés e use um óleo essencial bem gostoso e relaxante

15)Tenha uma feliz páscoa!